A iluminação é um fator fundamental para a segurança.

De acordo com Jorge Lordello, especialista em Segurança pública e privada e colunista do site Tudo Sobre Segurança, já está comprovada a correlação entre a falta de iluminação pública e a criminalidade. Lordello apontou que, em 1974 na Inglaterra, durante a crise do petróleo, quando a iluminação pública foi reduzida em 50% em algumas áreas urbanas, as estatísticas apontaram aumento de 100% nos indicadores de furtos e de 50% nos índices criminais.

Como a escuridão é aliada do criminoso, Isac Roizenblatt, diretor da Abilux explica:

“Quem procura fazer algo de errado, não quer ser visto. Por isso, a boa iluminação é uma grande inimiga do crime. Isso está provado mundialmente”.

O uso de iluminação em frente aos edifícios (Portão Principal de Acesso a Pessoas e de Veículos) está cada vez mais comum, ainda mais com auxílio de sensores de presença que acionam uma luminária potente que clareia a calçada quando alguém passa. É um recurso que demonstra a preocupação do dono do empreendimento, seja residencial, industrial ou comercial, em relação à observação das movimentações externas. Não só pela sua segurança, como de todos que frequentam aquela rua.

Deixe a entrada da sua casa mais segura.

Manter a sua área externa bem iluminada ajuda a diminuir a sensação de medo de quem frequenta a casa e a rua, ao mesmo tempo que faz os bandidos se sentirem observados. Trata-se também de uma responsabilidade pública, se cada um iluminar o seu espaço, mais gente frequentará as ruas e todos se tornam vigias um dos outros. Só é preciso tomar cuidado para que a iluminação não projete sombras e crie locais onde os invasores possam se esconder.

3 Objetivos da Iluminação Noturna:

  • Potente desestimulador psicológico, principalmente quando instalado nas áreas de acesso;
  • A forte iluminação ofusca a visão do provável invasor ou agressor;
  • Com a instalação do Sensor de Presença, a chegada de qualquer pessoa próximo do portão de acesso de pedestre ou de veículo, junto ao portão principal da garagem, geramos o fator surpresa, que pode inibir a ação criminosa.

Alguns outros cuidados com a iluminação são:

  • Ilumine todas as áreas de trânsito interno – do portão até a porta de entrada, por exemplo;
  • Nunca deixe luzes acesas durante todo o dia. Isso pode causar a suspeita de que não há ninguém em casa e motivar uma invasão;
  • Em caso da segurança condomínios, aconselha-se iluminar principalmente a portaria, pois é por onde entra a maioria dos infratores;
  •  Deixe o número da casa bem visível e iluminado, para facilitar a identificação pela polícia caso algo aconteça.

Veja duas soluções que une possibilidade de iluminação e cercas de segurança:

iluminação segurança
Sensoraço Energizado
concertina sensor iluminação
Concertina Monitorada com Sensoraço